terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Discografia Muito Amor. Parte I.


Eu sou Old School. Eu sou retrô. E amo/adoro/sou um mal feito, uma cafonice. E pra relembrar esta época de ouro da música nacional, que foi a década de 90, fiz este post selecionando tudo o de melhor da discografia que é muito amor. Se alguém tiver qualquer um desses CD's, me manda depô no Orkut que eu troco pela minha coleção de revistas de Sandy e Júnior.

Copacabana Beat, Jóia Rara. Quem se lembra de "como é doce o beijo quando vem da sua boca"? Quem se lembra deles no Xuxa Hits? Pois eu me lembro muito. E quero um casaquinho de crochê que nem o da dançarina. Onde eu compro??

Este é o senhor que nos faz lembrar que "Ai se eu te pego" não é nada perto do hit que ele lançou. Morango do Nordeste tocou exaustivamente e foi regravado por 10 entre 10 cantores do topo das paradas na época. Há suspeitas de que esta canção tenha sido usada em Guantánamo para se obter confissões de prisioneiros altamente perigosos. #DireitosHumanos.

"Você nasceu pra mim, eu nasci pra você"... Quem não esperava esse refrão tocar pra apertar o REC e começar a gravar na fita K7? E a parte em que rolava um RAP romântico?? Quem nunca fez competição com as amigas pra saber quem tinha decorado a letra?? Bons tempos!! HAHAHAHAHA.

Se fosse só Funk Melody já era o máximo. Mas o MEGAMIX do Latino complementava a perfeição. Isso é relíquia, apenas.

Preciso de sambar, preciso de sambar..ai ai ai ai aiiiiiiiiiiiii! O figurino ryco. O layout do CD. Estes senhores são os criadores do "Pimpolho", essa música fina que ainda me embala nos open bares da vida. Merecem um Grammy.

Um cara interessante, esculacho seu amante...Esta pessoa é um ícone da sacanagem e da safadeza em forma de canção. As letras de Elymar foram feitas pra tocar nos corredores de todos os motéis de quinta deste Brasil. Eu olho pra ele e já imagino senhoras na idade da loba, chorando por seus amantes enquanto bebem uma Skol. Elymar é muito amor.

Só sei que o Araketu é BOM DEMAIS. HAHAHAHAHAHAHAHA.
MULEKADA, o grupo infantil mais famoso do Brasil (depois do balão magico e das chiquititas) !!! Por onde será que andam esses TÃO ENGRAÇADINHOS MENINOS??? Dizem que hoje jacarézinho tem 7 filhos e trabalha como empacotador nas Casas Bahia, Tatiana se tornou atendente de loja na região do Brás e Bexiga e Juju... Por onde anda a Juliana??? Um beijo pra você, Juliana!!! HAHAHA 
Eu sei que nesse momento vcs estão gritando e chorando de emoção enquanto a voz potente de Corona passa pela sua mente!!! Quem aqui não soltou a voz com This is The Rythm of the Night??? Quem aqui nunca ouviu os boatos de que o cabelo de Corona era falso??? Quem aqui lembra que os vinis tinham predileção pra arranhar exatamente nos refrões??? Eike Saudade, Eike Década de 90!!! Voltamos em breve com o melhor da programação.
Um beijo, Leila.

8 comentários:

Paulo Ricardo disse...

ÓTEMO! rsrsrs... ainda ouço a muitas dessas relíquias da década de 90... NÃO TEM COMO NÃO AMAR rsrs

Lorena de Lima disse...

Eu sempre venho aqui (tipo, todo dia 10 vezes), mas agora não pude deixar de comentar: esse post fez bater forte o coração!

Hazô!

Lumma Papaspyrou disse...

Nossa!! Que saudades de toda essa barangueira!!
E você observou bem: quem pensa que Ai Se Eu Te Pego é merda, não ouviu Morango no Inferno na voz e no ritmo de.. todo mundo?

Parabéns, arrazou!

Juliana Goulart disse...

Tinha tempo que eu não passava por aqui. Tinha tempos que eu não ria tanto! O melhor post depois do Sarney! hahauhauhau

Vmo Falar de Coisa Boa ??? disse...

Gente, que bom que vcs gosstaram do post!!! Eu dei pala!!! A nossa Leila está cada dia mais afinada!!!

Vmo Falar de Coisa Boa ??? disse...

Lorena que bom que dessa vez vc decidiu se manifestar ... A opinião dos leitores é muito importante pra gente!!! =D Pode ficar a vontade pra comentar sempre!!! Bjos

Um Beijo, Leila disse...

Obrigada meus queridos! Fico feliz que tenham gostado. Beijos e se segurem!

www.copacabanabeat.com.br disse...

OBRIGADO PELA PARTE QUE ME TODA!! KKKK BONS TEMPOSS

ABS

COPACABANA BEAT